domingo, junho 17, 2007

NADA É POR ACASO!

Há pessoas que chamam determinados acontecimentos de "acaso".
Eu prefiro chamar de outro nome, o que muitas pessoas chamam de acaso, eu credito ao poder de Deus, em quem confio incondicionalmente.
Muitas vezes acontecem coisas em nossas vidas, que não esperamos, que não queremos, que insistimos em lutar contra.
Bobagem, pura perda de tempo, isto é buscar mais sofrimento.
Nada acontece por acaso, você pode fazer opções, muitas vezes até opções erradas, outras acertadas, mas não dá para fugir o tempo todo.
Creio que estamos aqui porque temos algo a cumprir. Quando você faz uma opção, há de ser capaz de arcar com suas consequências.
Quando optamos pela maternidade, nós mulheres, sabemos que em muitos casos teremos que abrir mão de algumas coisas, para que nossos filhos sejam felizes. E não queremos outra coisa, a não ser a felicidade deles.
O que é importante nestas atitudes, é que consigamos nos sentir felizes com isso, que não achemos que estamos abrindo mão de nossa própria vida, em favor deles.
O que faz meus filhos felizes, acalma meu coração.
Se um filho precisa de uma mãe, ela jamais vai lhe virar as costas.
Não é por acaso que estou aqui, mas posso estar em qualquer outro lugar, basta que eu consiga, que tenha tranquilidade suficiente para enxergar os sinais que a vida me mostra.
O motivo? Ainda vai se apresentar a mim, e tenho certeza que não vou me arrepender de nada.

9 comentários:

Lara disse...

Ei Ana,
Sem dúvida nada é por acaso, pra tudo debaixo do céu tem um proposito!!
Beijo..e boa semana pra vc!!

Luci Lacey disse...

Oi Ana

Nada e por acaso, Deus tem os planos tracados, cabe a nos cumpri-los ou nao, conforme os mandamentos dele.

Esta ponte me lembrou Sao Luis-MA, morei la 19 anos.

Beijinhos e boa semana.

denise disse...

Aninha,meu comentário anda sumindo...
Bem, eu dizia que te entendo, bem. Mas vai dar tudo certo. Seu coraçao vai se aquietar logo.
beijo,menina

vivendo disse...

Querida Ana,
Perfeito seu post. Eu ainda não sou mãe, mas quero ser um dia, e acalmar meu coração com a felidade de meus filhos. beijos, linda.
Vivi Amorim

Sheherazade disse...

Oi, Aninha!
Adorei a sua visita. É sempre bom voltar aqui e perceber quanto amor há nesse seu espaço, o que, merecidamente, lhe valeu os prêmios. Certamente você não terá do que se arrepender, pois tudo o que é feito com o carinho e o amor que você dedica ao que faz, só pode ser abençoado por Deus.
Parabéns pelos prêmios e pela linda história de vida que você escreveu pra si.
Um beijo e uma ótima semana!

Simone disse...

Oi querida!

Estava aqui pensando em meus filhos e na benção que são pra mim. Como e importante valorizar cada momento que vivemos ao lado deles.

Beijos

Si

Lord Broken Pottery disse...

Aninha,
Lendo seu post lembrei-me de Vinícius de Moraes: "Filhos? Melhor não tê-los, mas se não temos, como sabemos?
Beijão

Francy&Carlos disse...

Oi amiga,
Reiterando o comentário acima, digo, como disse Kalil Gibran " Filhos?, melhor não tê-los, se não os temos, como sabê-lo?" ...
Beijinhos,

Elizabeth disse...

Oi Aninha,
Por isto é que te amo, você tem sempre sempre amor para dar.
Que família sortuda que tem você como mãe e esposa.
Beijos, vou tentar te ligar para conversar fiado no final de semana.
Beijos