terça-feira, janeiro 16, 2007

CUMPRINDO PROMESSAS!


Conforme havia prometido para a Elena, há alguns dias, tinha que postar aqui sobre meus desejos para 2007.
Bom, não sou de fazer planos, mas, claro, que tenho aquelas coisinhas que quero realizar.
Pedidos? Peço apenas que Deus continue a me dar saúde, que dê saúde para o meu bem, para os meus filhos, e para o meu neto.
Quero continuar neste ano de 2007, sendo exatamente como eu sou.
Quero continuar sendo feliz, quero continuar tendo muitos amigos, fazer novos amigos, e continuar amando aqueles que já fiz.
Acho que na verdade tenho muito mais a agradecer que pedir. Talvez por isso, o motivo do meu post anterior.
Nunca fui uma pessoa insatisfeita, sempre agradecí o que tenho.
Neste exato momento por exemplo, em que estou postando aqui, estou vendo e ouvindo as notícias sobre a cratera aberta em S Paulo.
E, aí não tem como não agradecer a Deus por tudo que tenho.
As pessoas mostram até num momento deste de tragédia sua insatisfação com a vida. Enquanto uns choram o desaparecimento de seus entes queridos, outros que perderam apenas a casa onde moravam se revoltam, e fazem exigências, do tipo: "Quero uma casa igual ou melhor que a que tinha".
Tudo bem, que uma casa tem toda uma história de vida, mas nesse momento, acredito que seria hora de solidariedade, não de tanta preocupação com bens materiais, afinal quem está reclamando poderia ser uma das vítimas, e aí, para quê iria querer casa nova? Para levar para o céu?
Sabemos que o homem é omisso, mas tragédias acontecem. E, sabemos que quando acontece com simples mortais, são levados para escolas públicas, ficam amontoados, dentro de salas de aulas, todos juntos.
Nesse caso, as vítimas foram levadas para hotéis, estão tendo acompanhamento, não foram abandonadas à própria sorte, e ainda assim, encontram motivos para reclamar?
Tenho certeza que essas pessoas não valorizam a vida, não como eu, que só quero viver, viver bem, e viver feliz.
Tudo bem, que segundo diz meu marido, eu não preciso de muito para ser feliz, mas isto é apenas o que quero para este ano de 2007. Ser feliz, muito feliz!
Tem uma outra coisinha que quero muito realizar. Conhecer e abraçar amigos virtuais.
Há alguns deles, que acredito estar mais perto disso, em virtude da localização em que nos encontramos. Márcia Clarinha, Yvone, DO, Mônica Montone e outros. Há também a promessa de encontrar a Lys, que embora esteja tão longe, planeja vir para o litoral este ano, e talvez aí nos encontremos.
Bom não daria uma lista de desejos, mas quero bastante heim?

6 comentários:

Luz disse...

Mal você nasceu, Deus contemplou-a com esse seu lindo sorriso... e sobretudo colocou dentro de si um Grande Coração Humilde.
Aninha, certamente será feliz ao longo da sua vida. Já viu a quantidade de Amigos que você “amanhou”?

Beijo

Renata de Oliveira Silva disse...

Oi amiga Aninha! Obrigada pela atenção que você tem por mim. Você pode ter certeza que sempre será muito feliz, pois é muito bacana e atenciosa. Sempre terá muitos amigos sinceros ao seu redor!! Muitos beijinhos para você e sua família e tudo de bom para 2007 :D

O Meu Jeito de Ser disse...

È Luz, e isso que me faz muito feliz, ter tantos amigos, ser tão amada, eu vou querer o que mais?
Beijos

O Meu Jeito de Ser disse...

Olá Renata obrigada pela sua visita, sou assim na verdade poeque meus amigos me fazem assim, são todos muito carinhosos comigo, e eu apenas retribuo.
Beijos prá vc, Ítalo e a fofinha também.

Elizabeth disse...

OI Ana,
Desculpe mas tive de rir quando voce diz que o Valter diz que voce não precisa de muito para ser feliz.
Imagine se no mundo todos pensassem como voce, tudo seria tão mais fácil. Ontem trabalhei com uma mulher das Filipinas que falava pelos cotovelos, mas sempre que nós imigrantes de paises pobres conversamos o tema é sempre de como as pessoas aqui quanto mais teem mais querem. como se a felicidade deles dependesse da quantidade de coisas que teem ou viajens feitas.
Mas é a vida e não podemos mudar as pessoas (ou será que podemos)
Eu infelizmente estou sempre querendo coisas quase que impossiveis. Como voltar a morar no Brasil e ter minha familia toda por perto. Preciso aprender ser mais como voce pois sempre quero coisas fora do meu alcance, muitas vezes não dependem de dinheiro, mas envolvem pessoas e ai fica dificil.
Beijos

Bela disse...

Puxa aninha , tenho tanto orgulho de ter te conhecido. Você é uma pessoa muito do bem.
Passei aqui porque senti falta dessa tua doçura.Concordo contigo e agradeço muito a Deus por tudo que tenho e as vezes até me envergonho de me angustiar com algumas coisas, mas tem coisas que foge ao nosso controle.
Um grande beijo.