quarta-feira, maio 09, 2007

DESLUMBRAMENTO!


O assunto do momento é essa bendita chegada do papa que não chega nunca.
Ontem lendo um post, aliás como sempre um belo post, muito bem escrito lá no Lord, sobre esse assunto, em que ele fala sobre a sua condição de ateu, fiquei pensando sobre o assunto do momento.
Claro que respeito a posição do Lord, assim como ele nos respeita, os não ateus, tanto eu quanto a Denise colocamos o nosso lado, de não misturar fé com religião.
Sou católica, muito relaxada, mas sou, fui criada nessa religião, aprendí muito, já fui assídua, mas hoje tenho apenas a minha fé. As vezes, muito raramente, ainda vou à igreja.
Acontece que vejo uma porção de coisas na minha igreja que não concordo, que nem vem ao caso agora, pois o queria falar, era sobre a visita de Bento XVI.
Ainda me surpreendo com a mobilização do povo com qualquer assunto que não seja para resolver seus próprios problemas.
Eu me pergunto porque não se preocupar com casos que nos afetam diretamente, como a fome e a violência, a falta de política séria, que leva todos os sonhos da população ralo abaixo.
Gasta-se milhões com transporte de bandidos de um presídio para outro. Bandido que está em presídio de segurança máxima, já têm o poder sobre a cidade no Paraná, o outro já conhece todo o interior de São Paulo, muda de um para o outro.
Agora gasta-se milhões com a chegada do papa, é comida que muitos brasileiros nem sonha que existe, roupas bordadas à mão, enfim pompa demais prá pouco.
Respeito o papa como representante da minha igreja, aprendí com meus pais, que hierarquias existem, e devem ser respeitadas. Agora acho muito barulho.
A imprensa está toda mobilizada em torno disso, qualquer outro assunto pode ficar prá depois. O país está todo mobilizado, nada mais caminha, mas a nossa vida não vai parar por causa disso.
Amanhã o papa se vai, e o brasileiro que gastou todas as suas economias viajando prá ver o papa, volta a sua rotina de fome e miséria.
Aí eu me pergunto: Porquê a população não se mobiliza assim com tanta força e fé para reivindicar seus direitos de cidadãos? Prefere continuar sonhando e achando que Deus quiz assim?
Não concordo com isso, acho que minha fé é muito maior que qualquer deslumbramento com Sua Santidade, que não sabe dos problemas que tenho, e que na verdade só quer arrebanhar mais fiéis para sua igreja, e, pior, porque isso aumenta a arrecadação da igreja. Embora acredito que isso também é culpa do próprio povo que aceita como cordeiros.
O Valter costuma dizer uma frase que eu concordo: "Só existem exploradores, porque existem explorados, porque se deixam ser explorados".

26 comentários:

valter ferraz disse...

Dona Véia estava inspirada hoje. Foi do papa à marginalidade, da fé ao rame rame da miséria que grassa no país. Gostei. Foi assim que sempre quiz te ver. Atuante, firme e com propostas. Gostei mesmo.
Essa é a Aninha.
Um beijo grande

Marcele disse...

Oi!
Pelo visto, tá todo mundo meio sem entender esa mobilização toda pela visita do Papa. Principalmente o papel da imprensa, que glamouriza esse acontecimento de forma exagerada e desnecessária.
A sorte é que ainda existem pessoas com senso crítico e que sabem diferenciar a fé do espetáculo.
Beijo!

Meg disse...

Aninha querida
São quatro horas da manhã
Estou caindo pelas tabelas, mas vim aqui deixar meu beijo.
Amenizando minha saudade.
Com afeto!
Meg

Meg disse...

Ah! sim e dizer que discordo um tiquinho do seu BEM!
Pois o post de hoje, é como sempre de uma pessoa antenada, viva, inteligente e muito rica em idéias.
beijo
M

Ruvasa disse...

Viva, Anna!

Gostei muito do seu blog. Pode crer que sim. Tanto que vou linká-lo no meu.

E por que razão gostei do seu blog. Por várias coisas mas, principalmente, pela serenidade.

Pelo que escreve e como escreve, fico com a ideia de que a Anna é uma mulher serena, daquelas em que qualquer ser humano, necessitado de conselho, de amparo, os encontra, mas sem lições, antes com companheirismo e vontade de acertar.

Embora haja muitas mulheres assim, não se manifestam de forma tão evidente, pela escrita. Essa a razão por que fiquei cativado pela simplicidade e, ao mesmo tempo, complexidade do seu blog.

Hei-de voltar.

Quanto ao que Valter diz, concordo mas só em parte: concordo "que só existem exploradores, porque existem explorados". Sim, isso é uma evidência.

Já não concordo tanto, com a afirmação de que tal acontece "porque se deixam explorar". Bem, aqui, apenas alguns, uns tantos, porque a maioria não tem hipóteses de evitar que tal aconteça.

Dificilmente haverá quem goste de ser explorado, quem se disponha a ser explorado. É-o, simplesmente porque a isso não pode fugir, por estar arrebatado por forças com as quais não tem forças para se bater. Apenas isso.

Claro que o que digo nada tem que ver com o Papa, já que ele não representa qualquer exploração no sentido literal do termo.

Cumprimentos transatlânticos

Ruben Valle Santos

D. Afonso XX, o Chato disse...

"Porquê a população não se mobiliza assim com tanta força e fé para reivindicar seus direitos de cidadãos? Prefere continuar sonhando e achando que Deus quiz assim?"

Porque a própria religião se encarregou de fazer/ensinar isso... bjs

Elizabeth disse...

Sei não Aninha,
Será que não é justo por as pessoas não verem saida do fundo do poço através de milagres? No caso com a ajuda do Papa que segundo muitos creem é o segundão depois de Deus.
O governo é esperto e sabe disto e dai aproveita a chance para dar uma relajada enquanto a maioria esta com pensamentos voltados para o papa ( no é o mesmo no carnaval e na epoca de copa mundial de futebol?). Mas concordo com você que esta grana resolveria muitos outros problemas do povo que esta morrendo de fome e com a violencia do país.
Agora deixa eu ir trabalhar que senão chegarei atrassada.
Beijos, ótimo post.

Rosangela disse...

Acredito em Deus e em milagres...
Mas acredito também que fazer a vontade dEle estã muito longe de ser correr atrás de um homem comum, como outros...não desrespeitando quem acredita que possa se achegar mais a Deus através do papa,,as me indigna que todos fechem os olhos para uma realidade que está bem diante de seus narizes:crianças morrendo de fome e de frio nas ruas, milhares de mendigos, analfabetos, pessoas morrendo por descaso e aqueles que deveriam ajudar preferindo discutir se é certo ou não o casamento entre homossexuais, nada contra de verdade, mais acho que se preocupar com a vontade de Deus vai muito além disto.

O Meu Jeito de Ser disse...

Amor, eu tenho im bom mestre em casa, sempre do meu lado não?
O meu beijo

O Meu Jeito de Ser disse...

Marcele obrigada pela visita.
Acho muito barulho, prá pouco resultado.
Eu o respeito, mas acho que não precisa disso tudo.
Um beijo

O Meu Jeito de Ser disse...

Meg querida, obrigada pelo seu carinho.
Mas foi o que eu disse à ele, é o meu mestre.
As vezes falta um pouquinho de tempo para que eu fique mais ligadinha, mas ele sempre me ajuda.
Beijinhos prá você.

O Meu Jeito de Ser disse...

Rubem obrigada pela visita, e por tantos elogios.
Na verdade essa frase do meu marido, é uma coisa que sempre comparamos às situações mais diversas, em que o povo sofre, mas não diz não por exemplo.
Mesmo que não goste de ser explorado, mas deixa-se ser explorado, não reage.
Um abraço

O Meu Jeito de Ser disse...

Afonso, não só a religião, mas a própria educação. Continuamos colonizados, seja por que situação for. Ou é a religião, ou uma política mal feita, em que o povo tem o poder de mudar em suas mãos, mas permanece estagnado.
Um beijo

O Meu Jeito de Ser disse...

Rosangela obrigada pela visita.
Este é o ponto. Enquanto se pensa em coisas miúdas, esquece-se de coisas importantes.
Se o homem aprendesse a respeitar o seu semelhante, as coisas seriam diferentes e melhores.
Um beijo

O Meu Jeito de Ser disse...

Bete querida, é isso que não me conformo. Com essa entrega do povo à qualquer coisa que lhe pareça milagre.
Essa fidelidade à costumes e obrigações que estão ultrapassados.
Deus prámim, é todo poderoso, está presente em minha vida 24 horas por dia, mas eu tenho que fazer va minha parte. Ele me deu inteligência, sabedoria e livre arbítrio prá isso.
Essa é a maior prova de amor dele para comigo.
Beijos menina.

DO disse...

Como bem disse o VALTER,este post foi perfeito,ANA. Foi de um assunto ao outro com uma maestria que deu gosto,heheheh
Sobre o papa eu nada vou falar.
É melhor.
Beijos!!

luma disse...

Por mais que seja falado para a imprensa que a visita do papa não tem nada a ver com algumas decisões de ordem prática no governo Lulla não acredito. O Próprio Lulla tocou no assunto, do modo como sempre faz, por cima. Dizendo que o Estado não pode se misturar com a igreja. Será? Estamos as vesperas de decidir sobre o aborto.
Quando o papa estava sobrevoando a cidade de São Paulo com o helicóptero branco e todo aquele aparato, pensei no Edir Macedo. Se fosse ele, o povo estaria falando mais em ostentação.
Por outro lado, por ser católica praticante, acho válida a vinda, até como resgate de alguns valores. Bandido se tivesse Deus no coração não matava, roubava...
Beijus

Ítalo de Paula Pinto disse...

Parabéns pelo artigo. Está ótimo !

Grande abraço ...

Cristiane disse...

Aninha querida...
Vim te deixar um beijo e desejar um Feliz Dia das Mães!
Maravilhoso, como você!
Qto ao seu post, muito bom, com certeza, mas ainda sigo aquela opinião de me reservar e não discutir/opinar sobre religião...
Beijo e um bom fim de semana, Crisssssssssss...

Mário disse...

Aninha, to meio atrasado neste comentário mas o Papa ainda está aqui...rs
Considero natural a mobilização ao redor dele e vejo com bons olhos a sua visita, conquanto eu não seja católico. Como a maioria da população se declara católica, natural que a mídia se preocupe em acompanhar os passos do Papa, cobrindo os eventos.
Os problemas sociais existem e mereceriam mais atenção. Mas, pelo menos, o Sumo Pontíficie veio trazer uma mensagem de amor e fraternidade e, talvez, depois que ele partir, pelo menos alguns despertem para a necessidade por em prática o ideário cristão e façam algo em favor dos menos favorecidos. É a minha esperança.
Bom Dia das Mães para você.

O Meu Jeito de Ser disse...

DO meu querido amigo, o que mais admiro m você é esse seu jeito, de chegar com simpatia, e comentar aquilo que acha que deve,se o assunto nãolhe agrada, não faz alarde e nem jamais falto com respeito à ninguém.
Andei vendo uns casos sobre o papa ´por aí, que me deixou chocada, tamanha falta de respeito.
Não concordo com esse barulho todo,mas o respeito.
Um beijo

O Meu Jeito de Ser disse...

Luma querida, é isso mesmo.
A presença do papa como representante da nossa igreja, é bem vinda sim, acho que ele tem muita coisa a nos dar.
Apenas acho muita coisa em torno de um assunto. Agora será o Pan, e depois qual será o assunto que vai desviar a atenção do povo?
Um beijo

O Meu Jeito de Ser disse...

Obrigada Ítalo.
Volte sempre.
Um abraço

O Meu Jeito de Ser disse...

Cristiane obrigada meu bem.
Você é sempre um docinho.
Um beijo

O Meu Jeito de Ser disse...

Mário meu amigo, percebe-se que vc me entendeu.
Acho que a presença do papa nada de ruim poderia nos trazer, pelo contrário, é um representante de Deus a nos abençoar, mas não concordo com esse barulho todo.
Enfim,...
Um abraço

Anônimo disse...

Nice brief and this fill someone in on helped me alot in my college assignement. Gratefulness you for your information.